ESTRESSE

O estresse é um mecanismo de sobrevivência que data do homem das cavernas. Quando estamos estressados, nos sentimos mentalmente drenados por circunstâncias difíceis ou desafiadoras. O estresse causa uma tensão grande em nossos corpos e mentes e o estresse crônico, particularmente, tem sido chamado como um assassino auxiliar, conectado às seis maiores causas de morte.

O estresse funciona da seguinte forma: quando percebemos uma ameaça, ou nos dias de hoje, alguma necessidade não satisfeita ou uma atividade que não terminamos, nos sentimos estressados e entramos no “estado de fugir ou lutar”. Como resultado, os hormônios de cortisol e adrenalina são liberados em nossos corpos, fazendo nosso coração bater mais rápido, nossa pressão arterial e glicose subires, nosso sistema imunológico é suprimido, a respiração se acelera e a circulação sanguínea no sistema digestivo diminui.

Todos nós sentimos estresse, e mesmo sendo temporário ou passageiro, também conhecidos como agudos ou curtos, eles podem na verdade nos ajudar a performar melhor, mas ficar estressado sempre e por um longo período de tempo pode ser muito prejudicial a nossa saúde física e emocional. Cada um de nós já experimentou ambas as formas de estresse. Agudo ou curto é o que sentimos antes de falar em público, fazer uma prova importante ou numa entrevista de emprego, sentimos nosso coração batendo mais forte, a respiração acelerada e talvez a garganta e as mão tremendo. É a maneira que o nosso corpo tem de nos proteger e nos preparar para um desafio, aumentando nossas capacidades físicas e mentais por um período curto de tempo.

O estresse crônico é algo que experimentamos devido a um ambiente de trabalho tóxico, por exemplo, ou quando cuidamos de uma pessoa com uma doença crônica, ou lidando com acontecimentos inesperados na nossa vida. Essa forma de estresse enfraquece nosso sistema imunológico e pode ter um impacto negativo e duradouro em nosso coração e sistema circulatório.

Então, como podemos nos prevenir contra o estresse crônico? A meditação, e em particular a prática de atenção plena, é uma maneira poderosa de combater nossa tendência de sentirmos estresse e ansiedade por períodos de tempo muito longos. Como? Guiando nossa mente a considerar quais pensamentos, emoções e situações externas demandam nossa energia ou não. A meditação nos permite encontrar clareza para entender as reais razões pelas quais estamos nos sentindo estressados e o que são pensamentos que criamos sozinhos por causa do estresse.

Enquanto estamos focados no estresse, não nos livramos dele mas tentamos conviver e gerenciá-lo. Nesse caminho, nosso primeiro foco é na respiração para nos acalmarmos, definimos nossa intenção, entendemos a causa do estresse e identificamos nossas obrigações.